Artistas Digitais - XXI edição - 2021/2022

Os temas para o concurso Artistas Digitais, edição do ano letivo 2021/2022, serão divulgados brevemente. 

Artistas digitais - XX edição - 2020/2021

Os resultados da XX edição do concurso Artistas Digitais ainda não são conhecidos. Serão divulgados assim que o Júri se reunir (durante o 1.º período).


1 - Introdução

Desde a sua criação, em 1998, um dos objetivos do Centro de Competência “Entre Mar e Serra” (CCEMS) tem sido promover a mudança de atitudes e a plena integração das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) nos processos de interação na escola. Para isso, tem vindo a incentivar uma maior participação dos alunos na vida escolar e no processo de ensino/aprendizagem através de metodologias mais envolventes e motivadoras, permitidas pelo uso das TIC.

É neste contexto que o CCEMS promove, desde 2001, “Os Artistas Digitais”, com o objetivo de incentivar a criatividade das crianças a frequentar a Educação Pré-Escolar ou os 1.º e 2.º Ciclos do Ensino Básico, propondo-lhes a realização de diversos trabalhos com recurso à utilização das Tecnologias de Informação e Comunicação.

Ao longo de sucessivas edições, procurámos promover uma utilização criativa da tecnologia como promotora da reflexão em torno dos valores fundamentais da Humanidade e da Cidadania (e.g. direitos das crianças, liberdade, …), da nossa cultura (e.g. ser português, família, etc.), do ambiente, da ética desportiva e da vida saudável.

A edição deste ano letivo do concurso Artistas Digitais, a XX, organizada em parceria com a Direção-Geral da Educação, propõe o tema "Promoção da saúde alimentar e exercício físico” para todas as categorias do concurso (Pré-escolar, 1.º e 2.º Ciclos).

2 - Destinatários

Alunos do Pré-Escolar e do 1.º e 2.º Ciclos do Ensino Básico, a frequentar escolas públicas e privadas do território nacional.

3 – Objetivos

a) Desenvolver a consciência cívica;
b) Alertar para a necessidade urgente de agir para transformar o nosso mundo;
c) Promover a utilização das TIC em contexto escolar;
d) Estimular a criatividade, utilizando a criação da imagem como meio de comunicação de sentimentos, ideias e valores;
e) Desenvolver capacidades de utilização das ferramentas de processamento de texto e de imagem, fundamentais para os alunos dos níveis de escolaridade abrangidos pelo concurso.
 

4 - Metodologia

4.1 - A natureza dos trabalhos a elaborar

Os alunos do Pré-Escolar ou dos 1.º e 2.º Ciclos do Ensino Básico são convidados a participar no concurso através da elaboração de trabalhos de desenho digital, por si elaborados no computador/tablet/telemóvel, e da submissão dos mesmos na plataforma do concurso (http://artistas.ccems.pt). Os trabalhos deverão respeitar o tema proposto.

As crianças podem concorrer com um ou mais desenhos. Poderão também concorrer noutro contexto que não apenas o escolar (familiar, ocupação de tempos livres, AECs, etc.).
 

4.2 - Como concorrer

O concurso será obrigatoriamente efetuado através da internet. Para tal, o Centro de Competência disponibiliza um sistema de informação onde o Professor/Educador/Encarregado de Educação deverá:  
  •   Preencher a Ficha de Inscrição. Este registo apenas terá de ser efetuado uma única vez, independentemente do número de alunos por quem é responsável;
  •   Enviar os trabalhos a concurso, no formato .jpg ou .png, que ficam publicados, depois de admitidos. A identificação de cada “artista” será realizada aquando do envio do respetivo trabalho pelo adulto responsável.

4.3 – Temas

- Pré-Escolar, 1.ºCEB e 2.ºCEB: “Promoção da saúde alimentar e exercício físico​”

Portugal constitui-se como um dos países com maior prevalência de obesidade infantil. Um programa de prevenção e controle da obesidade infantil deve incluir a promoção de hábitos alimentares saudáveis, combinados com a prática de atividade física, envolvendo pais e comunidade educativa e intervindo como prevenção primária ao nível da comunidade pré-escolar (Direção Geral de Saúde - DGS, 2006).

Considerando o definido nos objetivos definidos pela Direção-Geral da Educação (DGE), que, resumidamente, propõem melhorar o estado de saúde global dos jovens, inverter a tendência crescente de perfis de doença associadas a uma deficiente nutrição e promover a saúde dos jovens, especificamente em matéria de alimentação saudável e atividade física, os desenhos digitais devem abordar a temática recorrendo a um software de edição de imagem (Paint, Paint.net, Gimp ou outros similares).

Referência: https://www.dge.mec.pt/educacao-alimentar-e-atividade-fisica​
                   http://www.aenfermagemeasleis.pt/2016/05/03/manual-sobre-alimentacao-e-exercicio-fisico-programa-nacional-para-a-promocao-da-alimentacao-saudavel-dgs/

 

4.4 - Cronograma

Fase 1: Divulgação e abertura do concurso (dezembro de 2020)
Fase 2: Envio dos trabalhos para o CCEMS (Até 31 de julho de 2021)
Fase 3: Apreciação pelo júri dos trabalhos concorrentes e atribuição dos prémios (setembro 2021)
Fase 4: Divulgação dos trabalhos premiados (a partir de outubro 2021)
Fase 5: Entrega dos prémios (a partir de dezembro 2021)
 

5 - Júri do concurso

O Júri será constituído por elementos da equipa do CCEMS, representantes dos parceiros, patrocinadores e artistas convidados.
 

6 - Prémios

a) - Serão atribuídos equipamentos tecnológicos aos primeiros, segundos e terceiros lugares. Os alunos premiados e os respetivos professores receberão também livros, diplomas e um troféu.
b) - Os trabalhos premiados são divulgados no site http://artistas.ccems.pt.
 

7 - Disposições finais

O concurso será obrigatoriamente efetuado através do site http://artistas.ccems.pt.

Os participantes são responsáveis pela originalidade dos desenhos digitais submetidos, devendo garantir a sua autoria e assumir a responsabilidade resultante de reclamação de terceiros, no que diz respeito a direitos de autor.

Os direitos de autor dos desenhos submetidos a concurso são cedidos aos CCEMS e aos seus parceiros para fins educativos, de investigação e de divulgação.

Sendo este um concurso aberto ao público, os desenhos e as informações dos participantes serão utilizados para divulgação nas páginas eletrónicas, redes sociais e órgãos de comunicação social para fins informativos, bem como para eventual utilização em finalidades científicas e didáticas, divulgação pela comunidade académica, dentro do contexto escolar, e constituição de arquivo do CCEMS.

A participação neste concurso implica a concordância com os termos do presente regulamento, quer pelo aluno quer pelos seus responsáveis (pais, familiares ou tutores e professor orientador).

Questões omissas ou outras consideradas pertinentes relativamente aos desenhos serão analisadas e decididas pelo CCEMS.

O cartaz encontra-se disponível aqui

Partilhe este conteúdo: