O concurso Artistas Digitais, promovido pelo CCEMS, tem como objetivos não só promover a utilização das TIC em contexto escolar, mas também desenvolver as capacidades de utilização das ferramentas de processamento de texto e de imagem, como instrumentos fundamentais para estimular a capacidade criativa dos alunos.

 

Durante o I Concurso Pequenos Artistas Digitais, realizado em 2001 e destinado apenas a escolas (1.º Ciclo e Jardins de Infância) do distrito de Leiria, o júri teve uma tarefa difícil na apreciação dos mais de 200 trabalhos apresentados sobre os temas propostos. De referir que o processo de entrega dos trabalhos era efetuado via e-mail ou, por vezes, em mão pelo professor.

Para o II Concurso Pequenos Artistas Digitais, que decorreu em 2002/03, foi disponibilizada uma plataforma Web que permitia aos Pequenos Artistas o envio dos seus trabalhos. Através do preenchimento de um formulário on-line que identificava o autor e permitia o upload /envio do trabalho, chegaram-nos desenhos de todo o país. Para além de ser um processo fácil, possibilita também aos participantes poderem visualizar todos os trabalhos a concurso.

No III Concurso Artistas Digitais, que decorreu no ano letivo 2003/04, para além de manter os Pequenos Artistas, foi alargado aos restantes níveis de ensino, com o lançamento dos Repórteres Digitais em que com a edição de notícias, entrevistas ou reportagens pelos alunos do 2º, 3º ciclos e secundário.

O IV Concurso decorreu no ano letivo 2004/05 e apresentou a estrutura do concurso anterior, mas com novos temas. Mensalmente foi colocado aos concorrentes um desafio relacionado com uma efeméride ou uma temática própria da época.

No V Concurso, que decorreu no ano letivo 2005/06, apesar de haver apenas dois temas a concurso, conseguiu-se pela primeira vez atingir todo o território nacional, com trabalhos vindos de todos os distritos e das regiões autónomas.

Na VI e VII Edição, foram apresentados temas relacionados com diferentes temáticas de acordo com o nível etário dos participantes.

No ano letivo de 2008/2009, decorreu a VIII Edição e foram enviados por alunos de todo o país mais de 2500 desenhos. Os temas colocados a concurso foram "O Meu primeiro computador", para o Pré-escolar e 1.º Ciclo, e "O Livro que mais gosto".para o 2.º Ciclo.

No ano letivo 2009/2010, decorreu a IX Edição com a participação, uma vez mais, de escolas publicas e privadas de todo o território nacional.

Na X edição, em comemoração do 10.º aniversário do concurso, os alunos tiveram a possibilidade de selecionar um dos dez temas a concurso em anos anteriores:
"O meu computador..."
"O que quero ser quando for grande"
“O meu melhor amigo...”
"A minha terra "
“O meu professor”
“O meu herói...”
“O que desejo para o mundo...”
“A Família é…”
"O livro que mais gosto "
“Uma cidade num planeta distante”

A XII edição do concurso teve como tema central os Direitos da Criança.

Na XIII edição, foram propostos dois temas: “O meu sítio favorito”, para as categorias do Pré-escolar e 1.º CEB, e “E se …” para a categoria do 2.º CEB. Nesta última, o desafio consistia em representar uma alteração da normalidade do mundo em que vivemos, ou das histórias que conhecemos, por algo inesperado e surpreendente.

O tema da XIV edição do concurso foi “Desporto, Natureza e Vida Saudável”. Foi a maior participação de sempre, com 5490 desenhos submetidos.

A XV edição, que decorreu no ano letivo 2015-2016, teve como tema “Os Valores da Democracia” para as três categorias.

Na XVI edição, que decorreu no ano letivo 2016-2017, o tema a concurso foi “Se acontecer, saberei o que fazer” para as três categorias (Pré-escolar, 1.ºCEB e 2.ºCEB). O objetivo principal era contextualizar o Referencial da Educação para o Risco e a promoção de uma cultura de prevenção, no âmbito da proteção civil. Foram submetidos 4607 desenhos. 

No ano letivo 2017-2018, a XVII edição do concurso teve como tema “Sei uma história…”, para as categorias do Pré-escolar e do 1.ºCEB, e “Cenas da Leitura”, para a categoria do 2.ºCEB.

XVIII edição, que decorreu no ano letivo 2018-2019, propôs o tema “Ser Europeu é…”, para as categorias Educação Pré-escolar e 1.ºCEB, e  “Valores da Cidadania Europeia”, para a categoria do 2.ºCEB.

A  XIX edição do concurso Artistas Digitais, que decorre no presente ano letivo, propõe os temas “Água Potável” e "Energias Renováveis" para as categorias Educação Pré-escolar e 1.ºCEB e, Para a categoria do 2.ºCEB, “Alterações Climáticas”.
Partilhe este conteúdo: